quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

ROMÂNTICOS DE CUBA

Era uma vez um país onde há saúde e educação para todos. Sem analfabetos, sem miséria e sem desigualdade extrema. Já deu água na boca? Já sabe de onde eu estou falando? Calma que tem mais. Lá nesse país também há total liberdade de expressão, de religião, de associação e de ir e vir. Diversos partidos se revezam no poder e o casamento igualitário foi aprovado há alguns anos. Estou falando do Canadá.

É assaz curioso como experiências bem-sucedidas como a canadense não povoam o imaginário de uma parte da juventude brasileira. E o grande país do norte não é um exemplo solitário: tem também a Suécia, a Noruega, a Holanda e mais alguns outros, todos no topo da lista do IDH. Sociedades pluralistas, que chegaram quase todas a um estágio avançado de progresso sem passar por um evento traumático. Na maioria dos casos, foi um processo longo e quase monótono, às vezes de séculos. Mas são quase todos países distantes, com climas frios, línguas esquisitas e culturas meio diferentes da nossa.

Nenhum teve uma revolução glamurosa como a cubana, em que um pequeno exército de rapazes com menos de 30 anos conseguiu derrubar uma ditadura corrupta com relativa facilidade. Nenhum teve a pós-revolução: os anos de propaganda, no sentido político e também no mercadológico. Cuba conseguiu forjar uma marca forte, muito mais sedutora que o produto em si. Um autêntico caso de branding, e justo num lugar que renega o capitalismo e seus métodos.

O poder dessa marca é tão grande que até hoje tem muita gente boa no Brasil que vem com argumentos do tipo "de que adianta liberdade de ir e vir, se o povo não tem dinheiro nem para a passagem do ônibus?". Falam como se fossem conjuntos excludentes: ou se tem saúde, educação e medalhas olímpicas, ou se tem eleições livres, eletrodomésticos e revistas de fofoca. Qual você prefere? E se esquecem que há muitos países que conseguiram tudo isto e muito mais.

Claro que nenhum deles é perfeito. O Canadá tem um conflito mal resolvido entre anglófonos e francófonos que de vez em quando descamba para a pancadaria. A Bélgica é uma barafunda da porra. A Noruega gerou um monstro como aquele atirador que matou dezenas de pessoas. Agora, esqueça a barreira da língua e fale sério: você preferiria ir morar em Cuba do que em qualquer desses países?

Um crítico ao sistema canadense ou holandês seria recebido com indiferença no Brasil. Aliás, um simpatizante também. Não damos a mínima para esses países. Não os tomamos como modelos, não prestamos a menor atenção neles. Mal existem pra nós. Preferimos acreditar que Cuba é uma utopia que só não é perfeita por causa do malvado bloqueio americano.

Ora, o bloqueio: não consigo pensar numa maneira mais rápida de eliminar o regime castrista do que a suspensão do bloqueio. Do dia para a noite, Havana seria invadida por milhares de turistas, dólares e gadgets dos Estados Unidos. Obama bem que gostaria de fazer isto, mas os ressentidos cubanos da Flórida não deixam. Uma contradição enorme, quando lembramos que os EUA fizeram as pazes até com o Vietnam, que pode se gabar de tê-los derrotado militarmente. O bloqueio acaba servindo para justificar tudo de mau que acontece na ilha.

A veneração pela Cuba socialista tem muito de religiosa, até de dogmática. Quem questiona a santidade do regime é imediatamente tachado de agente a soldo das potências estrangeiras. Os miltantes preferem calar aos berros quem se atreve a discordar, esquecendo-se do "sin ternura, jamás". Cuba é um sonho que a realidade não pode se atrever a despertar.

E o Canadá, hein? Muito longe, muito frio, muito chato. Muito sem romance.

60 comentários:

  1. Pois eu prefiro eletrodomésticos e revistas de fofoca

    Abs.

    ResponderExcluir
  2. Ler este blog e' como se sentir um turista num outro universo!

    A primeira vista, vc parece atuar como um desses jornalistas com o papel de encenar o jornalista objectivo querendo descobrir a verdade e depois persuadir os outros com seus argumentos. Faz as gracinhas em cima de jovens com pensamentos igualitarios e progressistas e depois quer ser coroado com suas conclusoes, como um deus da verdade.

    Isso fica aparentemente claro quando vc invoca a idea do progresso e religiao, vc mistura junto dois mitos: o Socratico mito da razao e o mito Cristao da salvacao.

    Ambos sao precisos e atuais, uma especie peculiar da arrogancia moderna.

    Essa sua invocacao do Canada, etc..., essa crenca de que estes estao numa longa marcha para o ser igual ao paraiso na terra, essa crenca patetica e danificadora e' subscrita pelos capitalistas globais, os religiosos fundamentalistas e os semi deuses da ciencia moderna.
    Igual a uma musica pop barata, o mito do progresso levanta o espirito como igualmente amortece o cerebro.

    Naturalmente, esses argumentos podem e devem ser debatidos contra. O mito do progresso e' provavelmente diluido e certamente perigoso, mas precisamos deles, afinal aonde estariamos sem a suprema ficção?

    Eu certamente, me oponho contra essa proponante grande idea do progresso, da perfeicao e a do certo e do unico modo de viver.

    A qualidade unica humana e' um mito herdado da religiao, do qual os humanistas reciclaram em ciencia.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Onde foi que eu falei que Canadá, etc. estão numa longa marcha para ser o giual ao paraíso na terra? Nananina. Disse até que esses países têm problemas graves. E complementando: JAMAIS serão, nem nenhum outro, o equivalente a um paraíso. O ser humano é imperfeito, conflitos são inevitáveis, a vida é mesmo assim. Paz absoluta, só depois da morte.

      O que eu disse, e parece que você não entendeu, é que esses países têm todas as vantagens de Cuba e muitas, muitas outras. Por isto me escapa à compreensão alguém ter Cuba como um modelo mais desejável do que eles.

      Excluir
    2. Pois então, Tony, se nenhuma nação jamais chegará a um ideal de perfeição, Cuba pode ser tão ruim, né?!

      E acho, por vários motivos, injusto comparar esses país. Devemos levar em consideração, por exemplo, a colonização que sofreram, os governos, pensar só no presente é um ato ingênuo, não acha?! Entre outras séries de eventos que fazem da América latina diferente anos luz da Europa. Idade é um deles.

      As colonias inglesas no Canadá eram mais de povoamento que de saques, diferentes de países pobres no continente africano. Logo, não precisaram lutar por sua independência como os outros países subjugados pela Inglaterra, e a partir disso é que veio "um estágio avançado de progresso sem passar por um evento traumático".

      Acredito que por terem uma história recente e um projeto para alguns tão utópico, Cuba sempre emprisionará o mundo. Sempre.

      "Cuba tem uma taxa de alfabetização de 99,8%, uma taxa de mortalidade infantil inferior até mesmo à de alguns países desenvolvidos, e uma expectativa de vida média de 77,64. Em 2006, Cuba foi a única nação no mundo que recebeu a definição da WWF de desenvolvimento sustentável; (...) e um Índice de Desenvolvimento Humano de mais de 0,8 em 2007."

      Excluir
  3. Tava pensando justamente em como Cuba viraria uma enorme atração turística com seu charme retrô se o bloqueio caísse.

    Já o Brasil? Somos um país rico, mas o povo acha que somos um cobertor de pobre. E os políticos também. Então somos tratados e aceitamos que falte uma coisa para cobrir outra.

    ResponderExcluir
  4. Além de tudo, ele é lindo! ;)

    ResponderExcluir
  5. nao entendo muito de politica, mas li um livro de reinaldo arenas, que acredito ser apublicaçao de dois livros curtos ( a rosa velha e arturo- a estrela mais brilhante) e deu para perceber o tratamento que os homossexuais recebiam, em uma ideologia que pregava a igualdade, ficar preso cortando cana - de - acuçar somente por ser gay .

    ResponderExcluir
  6. Excelente texto, Tony!
    Bem escrito, mordaz e inteligente.
    Pena que o anônimo das 08:11 não entendeu nada - principalmente o leve sarcasmo - e misturou "razão" e argumentos "esotéricos" sem qualquer critério e lógica, numa barafunda nada digerível. E sem falar nos erros de ortografia. Mas é o custo e a beleza de viver numa democracia, ainda que imperfeita : ele pode manifestar-se, o que é negado - às vezes velada, às vezes abertamente - a povos sumetidos a ditaduras como a cubana.
    E ao anônimo das 09:54 : quando puder, assista a "Antes do Anoitecer", belo filme sobre o Reinaldo Arenas, dirigido pelo Julian Schnabel e estralado pelo grande Javier Bardem.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @anonimo das 11:40

      Seu comentario deixa rastros e suspeitas de uma retorica Jacobina contemporanea, de direita ou esquerda, mas por favor, considere o alternativo e persista! (assim como, se os quimicos nao houvessem persistido na busca por uma anestesia local, nossas visitas ao dentista seriam muito mais memoraveis do que sao hoje em dia.)

      O seu comentario tambem deixa muito em evidencia aforismos.

      Por favor, persista tb em crescer seus conhecimentos num ritmo mais acelerado, porque por enquanto vc parece estar cronicamente incapaz de aprender.

      Excluir
    2. Ih, pra mim isso é papo de sapatão

      Excluir
    3. rsrs...you're funny!, como tb parece ser uma trollop que nao teve boas oportunidades na vida!, tadinha...

      Excluir
    4. Ah, lesbian chic...

      Excluir
    5. kkkk, e nao e' que vc acertou half !!! WOW!!! I'm very surprise!, Congratulations!, minha gente: uma salva de palmas pra ela..., seguindo o meu conselho, ne!

      Chic, rica, bonita, jovem, very clever and smart sou mm!!!!, porem ...?... se aguarre nas minhas instrucoes e de canja lhe dou mais uma: get lost!

      Excluir
    6. Anônimo das 14:19...
      "Retórica Jacobina contemporânea", "aforismos", "cronicamente incapaz de aprender". Tentando falar bonito - não conseguiu, que pena! - pra dizer que não gosta de ninguém que pense diferente dele...
      Realmente, não aprendi nada. Principalmente como decorar meia dúzia de slogans meio empoeirados e sem muito conteúdo para defender um regime autocrático.

      ZZZZ...

      Excluir
    7. Gostei de ver. Mesmo falando inglês e esbanjando erudição, sapata que é sapata gosta mesmo é de barraco. Valeu, cumpanheira!

      Excluir
    8. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Nem surpreende que defenda o regime autoritário dos irmãos Castro : alguém que diz que quem que não pensa como ela é "cronicamente incapaz de aprender" (= burro) não deve mesmo ter muito apreço por liberdade de expressão. Eu adoro, até porque é muito engraçado ver alguém tentando escrever "bonito" e fracassando completamente. Tsc, tsc...

      Excluir
    9. Mudar pra Cuba que é bom ninguém quer, né? Aproveitar as delícias do regime, viver sob racionamento dos produtos mais básicos, ganhar salário miserável. Uma maravilha!
      Ah, esqueci! É tudo culpa do bloqueio dos USA, né?
      Como diria o filósofo Chaves : "Que burro (=cronicamente incapaz de aprender)". Dá zero pra ele!"

      P.S.: Já estou ouvindo as teclas do computador da sapa digitando a resposta.

      Excluir
    10. Ao anonimo das 11:40 - e' de praxe escrever sempre as 11:40 ou esta na horinha do lunch break? anyway, pode ate virar um sambinha, ne?

      Pois e' Ze Mane, se vc estudasse (I mean: colocado seus lindos pezinhos) numa Universidade europeia, seriam esses termos e muitos outros ao qual vc se refere como "falar bonito e sem conteudo" recorrentes, logicamente sem implicar em esnobismo ou erudicao e sim necessarios no vocabulario academico, sorry se ficou muito dificil a compreensao, nao foi esta a intencao!

      Volta pro ZZZZ... e desculpa a interrupcao!

      Excluir
    11. O texto do anônimo das 08:11 parace saído de um algum livro de auto-ajuda esotérica de quinta categoria. Algo como "Lair Ribeiro (ui! Esse sumiu...) meets Paulo Coelho". Credo!
      E a outra tentando soar esperta e inteligente e "esbanjando inglês", mas escrevendo "I'm very surprise" (sic), "smart sou mm !!" (?!?!?!) e "aguarre" é de doer.

      Excluir
    12. Noossaa! tem umas senhouras a cheirar muito rancor e amargura, very unpleasant! indeed!
      O que a falta de grana faz!, ne?

      Excluir
    13. Falta de grana não é o caso, colegue. É falta de sexo mesmo.

      Excluir
    14. Ui!

      A outra que parece ter estudado em universidade européia doeu-se. Parece que as universidades de lá já foram melhores...

      Excluir
    15. Ai, eu sou pobre, burro e estudei em universidade brasileira mesmo. Nem vou me envolver no embate mesmo...

      Excluir
    16. Sentindo-me burra ao ler tudo isto. Quer dizer que Fidel é o máximo e perseguir quem pensa diferente é um must? É isso? "Considere o alternativo e persista"? O alternativo em que persistir é num regime autoritário, que persegue artistas e homossexuaias, como o Reinaldo Arenas? Tudo muito confuso...

      Excluir
    17. Ah, e bonito dizer que é legal pôr os pézinhos numa universidade européia. Foi como vistante, né? Porque, pelo jeito como escreve, duvido que tenha terminado o ensino fundamental...

      Excluir
    18. "Parece que as universidades de lá já foram melhores"

      Darling burrinha,

      Depende da universidade. É evidente que as universidade do norte ainda continuam boas. Dá um pulinho na Alemanha, na Suécia, na Áustria, na Suíça e veja você mesmo. Aliás, curiosamente o CERN fica na Europa. Se não conhece, joga no Google.


      Beijos sabor uva :**

      Excluir
    19. João,

      Relaxa, foi apenas sarcasmo com a colega que insinuou ter estudado lá...

      Bjos pra vc. também...

      Excluir
    20. Joaninha sempre tentando achincalhar os outros.
      - Coisa feia menina !

      Nada de rola em 2013 ????
      - 'Pobrecita" assim diria a cubana.

      Excluir
    21. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Realmente, esse povo precisa R-E-LA-X-A-R...

      Excluir
  7. Tony,

    Que coisa bacana ler seu texto. Resume aquilo que venho refletindo nos últimos dias.
    Os simpatizantes de Cuba ainda acreditam que as conquistam chegam na base "da foice e do martelo". Acreditam que suas verdades devem ser impostas aos outros, mesmo que estes não queiram.
    Lembro que Yoani em uma de suas entrevistas desafiou os brasileiros que se iludem com Cuba a irem viver a realidade da ilha, para ver se ainda permaneceriam fieis à ilusão que criaram.
    Abraço,
    Edson Guedes

    ResponderExcluir
  8. Tony, gostei do post. Desculpe comentar sobre um assunto totalmente diferente, mas e a Maria Silva hein?

    O Jean Willys disse que ouviu dela que casamento gay é questão de plebiscito: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/93807/Movimento-LGBT-se-afasta-da-rede-de-Marina.htm

    E agora os representantes da REDE dissem que ela é à favor do casamento gay: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/94232/Marina-a-Wyllys-%E2%80%9CSou-a-favor-do-casamento-gay%E2%80%9D.htm

    Será?

    ResponderExcluir
  9. canadá.. um tédio... 4 anos e meio lá, e pra nunca mais voltar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fui ao Canadá. Bonitão, mas chaaaato.
      Ass: Luiza

      Excluir
  10. O problema dessa discussão, Tony, é que o debate ideológico no Brasil é muito chato. Ou você é de alguma linha socialista ou é da direitona tradicionalista tipo TFP. Todos os barraquinhos que eu vejo são polarizados mais ou menos assim. Quem defende alguma política social-democrata é logo arremessado para o primeiro grupo, e quem defende alguma coisa liberal, como privatização de certos serviços é jogado para o segundo grupo. Não existe ponderação. São vários os caminhos, e tudo isso é ponderável. É justamente o que os países citados fazem. Você só não falou da questão da competitividade desses países, os quais atraem empresas ao serem pouco burocráticos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, a polarização no Brasil é PSDB x PT e como bem disse o Caetano uma vez, são grupos muito parecidos. Claro que o PT nasceu no sindicalismo, mas o núcleo intelectual é da USP, colegas dos tucanos. O PT de esquerda não tem mais nada e o PSDB também não é extrema direita. O que ocorre é quase uma luta de classes sociais, o que acaba atraindo a extrema direita conservadora para o PSDB e a esquerda mais radical para o PT. O que esses dois grupos querem é apenas uma coisa: se manter no poder! Se tiver que jurar que amam os pobres, o PSDB vai fazer, mesmo tendo urticárias. Já o PT não se furta de se aliar a Sarney, Collor, Maluf, banqueiros, empreiteiras, etc

      Excluir
  11. Participaria com orgulho de um protesto contra Yoani Sanchez, não porque eu seja a favor do regime de Cuba, pelo contrário sou desses socialistas entusiasmados com os países escandinavos. Mas protestaria e vaiaria numa boa a Yoani por ela ser uma fraude. Yoani foi uma criação idealizada, patrocinada e financiada pela SIP - Sociedade de grandes carteis de mídia (Clarín, Globo, Folha, Grupo Cisneiros etc) da America Latina com sede no gheto anticastrista de Miami, com largo histórico de participação em golpes militares e ditaduras de direita.

    Não houve qualquer tipo de coerção e terrorismo contra Yoani no Brasil como alegam os anti-socialistas. Pelo contrário, houve sim liberdade de expressão manifestada nas vaias, como ocorre regularmente nos EUA e em qualquer outra democracia. Houve vaias porque não não havia ninguém para aplaudir, uma vez que se houvessem aplausos para a blogueira fraudulenta, essas suplantariam as vaias. Vaias podem não ser elegantes, mas são legitimo direito à liberdade de expressão em qualquer regime democrático do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Houve bem mais do que isto, Bleu. O debate na Livraria Cultura em SP foi cancelado por causa da baderna que os manifestantes fizeram. Isto é criancice, é falta de educação e é proto-fascismo. E você soube um dos slogans que foram cantados? "Fora blogueira imperisalista / A América Latina vai ser toda comunista"... E isto em pleno século 21. Ridículos, imbecis e dignos de pena.

      Excluir
    2. Como é que é, Bleu Indigo, então todo visitante com posição ideológica que vem ao Brasil é vaiado por que todos os que não concordam com ele se dão ao trabalho de sair de casa, de carro ou ônibus, pegar os piores engarrafamentos e ir lá não sei aonde só para vaiar o gajo ou a gaja e não deixar ele/ela falar de jeito nenhum?
      A propósito, o Ancelmo Góes - daquele jornal carioca que derruba as democracias da AL - noticiou que o embaixador cubano em Brasilia, por incompetência, vai ser trocado, não por ter organizado um movimento contra a blogueira da CIA, mas por ter convidado para a reunião alguém que contou correndo tudo para a fucking Veja.
      A propósito 2: nós aqui no Rio somos chiquérrimos e contaremos com o Chico Buarque e a alma do Oscar Niemeyer no esquadrão furibundo contra a blogueira da CIA.

      Excluir
    3. Parabens aos "baderneiros"! muito orgulho!, dar espaco pra essa vigilante fraudulenta e' um pouco por demais, com essa papagaiada toda que traz consigo. Vamos acertar uma coisa: se o povo cubano nao estivesse feliz com o governo que tem, com toda certeza a esta altura ja estaria derrubado, dado ao seu historico, nao e' mm?

      Um pouco por demais tb, e' vcs quererem exigir o fim de um governo que nao lhes pertence se o proprio povo em questao assim o quer!

      Direitos humanos? vcs os tem em sua plenitude? sao rarissimos os paises que os tem, continua uma luta a ser ganha, nao e' mm? e isto em pleno sec. 21 !

      O que vc chama de "ridiculos, imbecis e dignos de pena", geral/te essas manifestacoes sao conhecidas pelo termo chamado democracia, dificil de entender, ne? especial/te se vc nao concordar!

      Se a maioria do povo assim o quiser, via eleicao democratica, eleger o comunismo como forma de governo, e' legitimo e vc tem que viver com isso, numa democracia a vontade da maioria e' suprema!
      Se vc por acaso nao gostar, pegue suas tralhas, arrume uma canoa e reme em direcao norte rumo ao Canada, se vc tiver a sorte de ser agraciado com uma entrada legal, boa sorte!, porque even there os imigrantes ilegais nao tem os seus direitos humanos garantidos!

      Como podes ver, democracia ainda e' um "middle ground" conceito a ser entendido, por muitos!

      Excluir
    4. Chamar os manifestantes de ridículos, etc. também é um direito democrático meu. Wuhuu!

      Agora, causar tumulto e impedir uma pessoa de falar no grito não tem nada de democreatico, pleo contrário.

      Digo e repito: não existe nem nunca existirá sistema de governo perfeito. dizer que Canadá ou Noruega tem defeitos é chover no molhado. Isso de querer atingir a perfeição é coisa de carola.

      Democracia é muito mais que "a vontade suprema do povo" (isto parece jargão do Soviete Supremo). E as minorias? Se a maioria votar contra os direitos das minorias, isto é democrático? Se a maioria votar para que você se mate, você se mataria? Hehehe.

      Excluir
    5. Sério mesmo, Tony?

      Excluir
    6. TG, vc nao entendeu nada! nao lhe nego o direito de manifestar, o caso e' a quem essa manifestacao esta sendo dirigida, por ex: trocamos ela por malafaia/bolsanaro, nos gays no lugar dos "baderneiros", seria essa mesma a sua conclusao? seriamos todos nos ridiculos e imbecis?

      Agora me responda: como estao sendo reivindicados os nossos direitos da minoria gay nas democracias atuais? via eleicao? referendo? lobbying?, debates? aprendizado? me conte.

      Tb nao estou dizendo que democracia/comunismo/socialismo sao perfeitos, mas escolhemos a democracia capitalista como sistema de governo, e o principio basico da democracia e' a vontade da maioria, se nao estou enganado, temos a oportunidade do voto. Sem duvida todos sistemas politicos tem os seus percalços como por ex: a da nossa causa, como resolver isso numa sociedade intolerante? como vc mm disse, seria justo a maioria decidir os direitos da minoria? obvio que nao!, e como resolver isto numa democracia onde a maioria se revela intolerante?

      Real/te, baseado numa logica racional fica dificil compreender sua resposta, por outro lado, a nao vontade de "dar o braco a torcer" fica nitidamente claro.

      Pare, de uma volta sobre si mesmo e mova-se 0,30 cm. a esquerda, te garanto, lhe fara bem!




      Excluir
  12. Essa esquerda festiva brasileira me dá um sono zzzzzzzzzzzzzzzroinc !

    ResponderExcluir
  13. Se acabar o embargo acaba o glamour.

    Cuba se alimenta disso.

    ResponderExcluir
  14. So digo uma coisa, atencao!!! pra quem tem tendencias suicidas: nao va morar nesses paises!!!

    Nao quero entrar nos meritos deste ou daquele, os conheco o suficiente pra dizer que sao "uma animacao total." Nunca vi coisa mais TEDIOSA, SONSA e BORING pra caralho!!!

    Prefiro mil vezes viver em Cuba a cortar cana sob o sol, sob um regime comunista opressivo, do que viver num pais onde o fim do mundo e' a noite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Cortar cana ao o sol, sob um regime comunista opressivo". Isso eu quero ver. Quite entertaining!

      Excluir
  15. Vou gravar um vídeo chorando e gritando "Leave Yoani alone". Gente, deixem ela se manifestar livremente e se não concordarem com ela, contra argumentem. Com tantos vilões vivendo em paz no Brasil, porque ser tão intolerante contra quem se expressou contra o regime cubano?

    ResponderExcluir
  16. Aos que preferem ler revista de fofoca, deem uma lidinha nisso:
    http://www.pragmatismopolitico.com.br/2013/02/o-bate-papo-que-desmascarou-a-blogueira-yoani-sanchez.html

    ResponderExcluir
  17. Prefiro morrer de tédio e depressão ao lado de um sueco ma-ra-vi-lho-so do que cortar cana em cuba e ter que aguentar essa turba ignara fantasiada de che guevara. Pronto, falei.

    ResponderExcluir
  18. Característica comum a todos os comentários docomuna que fez o servicinho de patrulhamento ideológico nesstes comentários: a completa ignorância da ortografia da língua portuguesa.

    Revendo as pérolas: "proponante grande idea"; "Cuba sempre emprisionará o mundo" (sim, realmente, fico EMPRISIONADO com seu português porco); geral/te (que raios é isso? taquigrafia?). E é sempre a mesma pessoa: ela não tem os acentos nem a cedilha no seu teclado (se bem que, pela qualidade ruim do que escreve, é capaz que não saiba mesmo como os usar), sempre escreve "e'" e gosta de falar empolado, para não dizer nada (mas insinua que tem mais conteúdo do que quem discorda dela).

    Recomendo ao anônimo sem acentos a leitura de um livrinho chamado "Caminho Suave - Alfabetização pela imagem" de Branca Alves de Lima, editora EDIPRO, Bauru. Vai te ajudar bastante a escrever melhor e a organizar seus raciocínios. Depois desse livro, evolua para "A Ilha Perdida" e só depois então, poderemos começar a conversar um pouco mais de igual pra igual.

    Xarope.

    ResponderExcluir
  19. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Arrasou, Marco Antonio!

    A criatura deve estar bufando...Se é que ela entendeu o que você escreveu, o que acho pouco provável.

    ResponderExcluir
  20. Não adianta: comunismo e fascismo são a mesma coisa. Esses comunas não são proto-fascistas: são já fascitas de alma completa.

    E só para lembrar: ser viado em Cuba era crime, viu? E não só lá, mas também na União Soviética, onde homossexualidade era "degradação burguesa". Comunismo/socialismo perseguia a viadagem tal e qual o nazismo e outros fascismos. A liberação da homossexualidade só se deu no bojo da revolução sexual - que não aconteceu do outro lado da cortina de ferro, mas sim no "Ocidente capitalista burguês degenerado". Pense nisso antes de fazer o sinal da cruz para o retrato do Che Guevara.

    ResponderExcluir
  21. Cuidado, Marco Antonio, ela estudou em universidade européia e é mais inteligente que todo mundo aqui. E defende Cuba porque é bonitinho ser pseudo-esquerdita e achar que defende os menos favorecidos da ilha caribenha e de outros lugares. Faz bem à consciência ligeiramente conturbada dela...

    ResponderExcluir
  22. Perdoe-a. Ela estudou em universidade européia e agora só usa teclado sem acento e esqueceu como escrever em "português". Agora é burra e pretensiosa em outro idioma também...

    ResponderExcluir
  23. E o que diabos quer dizer "A qualidade unica humana e' um mito herdado da religiao, do qual os humanistas reciclaram em ciencia."?!?!? Que bagunça! Deve ter falado em reciclagem porque isso aí é um lixo, só pode...

    ResponderExcluir
  24. Tony,
    PRECISO te dizer que este texto foi uma das melhores coisas que li nos últimos tempos sobre o assunto - que é deveras óbvio, mas nas tuas palavras tornou-se até prazeroso. Acompanho o teu blog faz um tempo e te digo: estás cada vez melhor!
    Grande abraço

    ResponderExcluir